Patinagem como desporto, mobilidade e prazer.

Patinar é um desporto difícil de aprender se não começarmos logo de miudos
 Mas tal como acontece com boa parte das coisas difíceis, passando aquele patamar, a coisa fica mesmo boa. O retorno do investimento inicial em tempo, protecções e alguns eventuais trambolhões é grande, pois a performance e o prazer sempre acabam por aparecer dando cabo das nossas tristezas e frustrações do dia-a-dia. 
No fundo, é um pouco como aprender a fazer surf e ultrapassar a fase inicial mais aborrecida de nos pormos em pé em cima da prancha e conseguirmos descer a onda.


PATINAR, juntamente com nadar e andar de bicicleta, é dos desportos mais completos e potenciadores do desenvolvimento da destreza física de entre os 3452 praticados em todo o planeta, segundo os cientistas da motricidade e da nutrição humana. Patinar é pertencer a uma tribo urbana que desfruta do prazer de deslizar e de confraternizar. É como um dogma, mas dos bons! Um privilégio e uma sublimação do bem-estar físico e emocional.

Os Urban Rollers Lisboa, recentemente formados, têm como objectivo juntar patinadores experientes com iniciados e de prática moderada. Desejamos fazer destes encontros uma festa, seguindo o exemplo dos grandes ajuntamentos que se realizam em Paris (o berço dos encontros de sexta-feira à noite!), Barcelona, Badajoz ou até S. Francisco, entre muitas outras cidades espalhadas pelo mundo e que ilustram bem a paixão por patinar na cidade.

Ao juntarmo-nos e trocarmos experiências e estilos de patinagem, todos aprendemos mais um bocado. Todos conseguimos melhorar sempre mais um pouco esta arte de dominar a locomoção com rodas nos pés. E os que se querem iniciar serão muito bem-vindos. A ideia é mesmo um encontro de patinadores. Para rir um bocadinho, suar um bocadão e trocarmos uma ideias sobre rodas. Há quem lhe chame de convívio.

(...)

DICAS PARA PRINCIPIANTES:

1. Investe nuns bons patins.

Uns bons patins são mais entusiasmantes pela suavidade na patinagem e conforto no seu uso.

2. Utiliza desde o início protecções de mãos, joelhos, cotovelos e coxis.
Capacete é também aconselhável se não temos muito bons reflexos e agilidade ( como calculam ao cair pomos sempre as mão , mas podemos não ter tempo e se a queda for para trás a cabeça pode ser o amortecedor e criarmos graves danos! .. :)   .. )

As primeiras quedas podem não causar grande mossa, mas podem transformar-se num inibidor e bloquear um pouco a evolução natural. O maior handicap para o desenvolvimento rápido da patinagem é o medo. Mas a verdade é que as protecções fazem toda a diferença e transmitem confiança.

3. Exercita-te.

Quanto melhor a forma física, melhor a patinagem. A partir de certo momento, quanto melhor a patinagem, melhor a forma física.


SÊ BEM-VINDO À TRIBO.
ASS. URBAN ROLLERS

 APARECE

0 comentários: