Eliseu_ o que é para ti mobilidade suave por Lx?

Na imagem _ ciclistas numa Massa Critica _

Andar de Bicicleta na cidade de Lisboa é actualmente um prazer, mas nem sempre foi!
De menino nunca recebi uma bicicleta depois do triciclo.
Mas tive uns patins que se adaptavam aos sapatos !

Foi só aos 33 anos me ofereceram a primeira bicicleta… era de supermercado… mas fiquei tão fascinado que rapidamente me penhorei na compra de uma topo de gama … … e descobri o BTT.
Claro que não sabia andar bem de bicicleta, e como sabem a montanha é muito exigente… daí a minha relação entre o slim e o solo ter sido muito assimétrica e envolvente!
Agora a vaidade....
Poucos anos depois já fazia o caminho Francês de Santiago pela rota pedonal em sete dias. Tal e qual como reza a lenda do cavalo de ferro!… e também corria na primeira travessia em BTT do Algarve…!.
Adorava a natureza e tinha ainda pavor de andar na cidade.
Quando fui em 2000 com o meu primeiro quadro do sótão à loja do senhor Luís, em Benfica, para que me montasse uma bicla de estrada já andava a ser incentivado para a via publica pelo amigo Zé Ferreira.
O Lisboa-Tróia (do Malvar da Ciclonatur) desse ano foi a derradeira motivação para o alcatrão.
A partir dai achei normal pouco tempo depois estar a fazer os 1.000 km de estrada do histórico Caminho de El Cid (Burgos Valência) numa semana ou a Nacional 2 (Chaves Faro) em 5 dias ou mesmo, há dois anos também por estrada ter desfrutado a Via da Prata que liga Sevilha a Santiago de Compostela.
A logística levou-me a que partisse de Lisboa e terminasse na velha capela de peregrinação do Rocamdor em Figueira de Castelo Rodrigo de onde são naturais os meus avózinhos… Foram 1755 kms em dez dias…(sorriso!)

Bom, o que escrevi acima foi só para me auto elogiar…eh! Eh!
Gostava de facto de ser mais humilde a falar das minhas performances pedaleiras. Não consigo :)
Bom...Por vezes até sou um ciclista bem humilde !
Até porque com o tempo e a experiência aprendi a ser cauteloso e a respeitar os automóveis e os outros ciclistas.

Para concluir, reparo que o que a montanha me dava, a surpresa, a euforia da velocidade ou a paixão pela descoberta, e mesmo a calma por simplesmente pedalar, passou a dar-me a cidade.

Agora a justificação porque faço passeios que desejo curiosos por Lisboa .
Nos dez anos em que lecionei desenho Urbano na Fac de Arq. de Lx descobri o prazer de observar a cidade do ponto de vista dos homens que a idealizaram e construíram.
As aulas temáticas que dei na rua fizeram-me despertar e ganhar grande paixão por esta cidade e daí o reincidir e abraçar um projeto que junta estas duas paixões - cidade e bicicleta.
Depois nasceu a vontade de partilhar opiniões !
Colinas, vales, vias rápidas e transito caótico…? Humm, ...nada disso!
Lx é plana, calma, bela e acolhedora…. Apostamos?
Ando de bicicleta na cidade  todos os dias desde 2003 e  de 1995 a 2003 só andava na montanha ,,,, Todos os dias também :)
E agora ..Sabem que tenho uma outra grande paixão em matéria de mobilidade ( deslocação) , desporto e diversão?..Sim...e até inventei que sou viciado em D.D.D...
ummh...nada disso..:)
Desporto
Deslocação e
Diversão
A sério!

De 1995 até essa data calçava os patins para me deslocar pela cidade. Desisti, chamavam de louco e como era o único acreditei!
 E claro que ando de bicicleta nesses dias em que a maioria das pessoas chama de maus!_ Hoje os elementos da natureza (chuva, vento frio,..) são também meus amigos e  a minha companhia.

Curto olhar a cidade de bicicleta ou mesmo em  patins... Desse modo consigo ver o que não enxergo em  outros meios de locomoção. Também é certo que não me apercebo tão bem dos detalhes do que quando caminho,  mas há muito mais intensidade e quantidade nos pontos de vista....

E Viva  a Mobilidade Suave nas nossas Cidades :)  Lisboa sobretudo.... A cidade onde curto viver .
Saudações Desportivas


Eliseu
Escrevi isto quando inventei com uns Amigos o Biclalx  

0 comentários: