Os meus super Amigos



Talvez por me ter transformando em ciclista diário pensei que, para nos aproximarmos mais dessa emoção a que chamamos felicidade e bem estar, seja indispensável voltarmos a desenvolver a locomoção através dos esforços físicos e, por outro lado, encarar o desenvolvimento global cada vez com mais ênfase no trabalho criativo e intelectual, sempre com a premissa de distribuir a todo o ser humano os bens materiais essenciais.

E ao mesmo tempo solicitar a ampliação do espaço e do tempo dito livre e preenche-lo com a ausência de tudo mas sempre pleno de nada!
 smile emoticon
Ou seja, virar o desejo para a utilidade e o prazer para a "animalidade"!

Será que se encontram nestas  premissas a consubstancialização fundamental do objectivo humano?



Eliseu

0 comentários: